Glossário
Header shadow

Espécies apadrinhadas

Gonçalo-Alves Astronium fraxinifolium

Árvore pioneira, de porte médio (entre 10 e 20 m de altura), semi-heliófila, caducifólia, longeva.

Tronco reto, cilíndrico, apresenta sapopemas na base do tronco; fuste longo, casca externa fina e lisa, de cor cinza-azulado.

Copa é irregular, de pequeno diâmetro.

A folha ao ser esmagada, exala odor semelhante a terebintina; tem a margem serrilhada e nervuras bem desenvolvidas; sabor amargo. Apresenta coloração laranja-avermelhada nos meses de agosto e setembro.

A floração acontece com a árvore desfolhada, entre jul/set (no DF), emitindo flores de cor amarelo-pálido, sendo polinizada por insetos.

O fruto tem a forma de fuso, com superfície lisa, amadurece entre ago/set, depois de permanecer por quase um ano na árvore.

A semente é alada e alongada, de fácil dispersão pelo vento.
A utilização desta espécie é vasta, com destaque para a capacidade de estimular a produção melífera, devido sua intensa florada com disponibilidade de pólen.  

A madeira é utilizada em acabamentos internos, construções externas e na produção de lenha.

A espécie também pode ser empregada no paisagismo, na arborização urbana e para o reflorestamento e recuperação de áreas degradadas.

* O uso de qualquer planta medicinal deve ser indicado e ministrado por médico ou pessoa capacitada que conheça seguramente a espécie envolvida, seus usos e contra-indicações. Este conteúdo visa apenas informar as utilizações mais comuns das espécies citadas, e desaconselhamos qualquer tipo de automedicação, pois o uso de indevido de algumas plantas pode trazer sérios riscos a vida.
Hr bg